Razões pelo qual uma criança deve aprender a programar



Quando alguns professores ou responsáveis pedagógicos dizem que as crianças deveriam aprender a programar, muitos pais não acreditam. A verdade é que existem vários estudos comprovados que indicam que linguagens de programação estimulam vários processos no desenvolvimento cognitivo da criança ou adolescente e até a prepara para o mercado de trabalho. 

Conheça, de seguida, os três principais motivos:

1) A programação ensina conceitos matemáticos avançados


Porquê esperar pela universidade para ensinar ao seu filho conceitos matemáticos avançados? Quando a criança aprende os primeiros conceitos de programação, ela desenvolve melhor o raciocínio lógico e, consequentemente, a matemática, além de ter mais facilidade para aprender conceitos que serão vistos na vida adulta e académica.
Além disso, quando a criança aprende a programar, ela também aprende a pensar de forma mais direta e objetiva. A reorganização de letras e números em algoritmos, faz com que o aluno entenda como articular diretamente estratégias para encontrar determinados resultados. Isso aplica-se no seu dia a dia, desde saber como organizar o próprio quarto, até mesmo para criar programação.

2) A tecnologia e a programação dão super-poderes às crianças
A tecnologia e a programação ajudam as pessoas a serem cidadãos ativos, e a fluência na linguagem digital é tão importante quanto a fluência em quaisquer outras línguas. Assim, ela auxilia a interpretar, fazer perguntas e dar respostas aos problemas não somente sobre o mundo virtual, mas também do nosso quotidiano.
Neste sentido, as crianças que sabem programar são mais capazes de propor soluções na sociedade, e, portanto, elas passam a ser "criadoras" e não apenas "consumidoras" da tecnologia.

3) A programação prepara para o mercado de trabalho
Com a utilização cada vez maior de computadores e sistemas informáticos, seja nas empresas privadas ou em empresas públicas, dominar as linguagens de programação torna-se num grande diferencial no mercado de trabalho. É de realçar que isso não se traduz apenas às áreas que tradicionalmente usam a programação, como Tecnologias da Informação e Matemática. Nos dias de hoje, as pessoas que sabem programar conquistam um grande diferencial em diversas áreas. 
Neste contexto, uma criança que aprende a programar prepara-se para as profissões do futuro. A criança terá melhores condições de articulação em um mundo cada vez mais digitalizado e utilizará a programação como mais uma ferramenta de trabalho.

Gostou ao artigo? Partilhe já com os seus amigos!!
Inscreva já o seu filho em SHARKCODERS

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Conheça a importância de investir na aprendizagem de robótica em crianças

SHARKCODERS | Escola de programação, jogos e robótica chega ao Porto

Conheça o impacto do ensino de programação no desempenho escolar da criança